Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

União
Sábado, 09 de Novembro de 2019, 09h:16

SOBRE LULA

Bolsonaro diz que não é para dar “munição ao canalha momentaneamente livre”

Redação

Reprodução

Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro pediu para os seus militantes não darem munição “ao canalha,  que momentaneamente, está livre”. Não citou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva diretamente, mas  disse no Twitter na manhã deste sábado (9):

“Amantes da liberdade e do bem, somos a maioria. Não podemos cometer erros. Sem um norte e um comando, mesmo a melhor tropa, se torna num bando que atira para todos os lados, inclusive nos amigos. Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa.”

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO