Domingo, 08 de Dezembro de 2019

Nacional
Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 07h:56

SENADO DA REPÚBLICA

Indicação de procuradora ao CNJ é suspensa após revelação estarrecedora de Jorge Kajuru

Kajuru revela como foi perseguido e sua mulher estuprada a mando do ex-governador de Goiás

Jô Navarro

Reprodução

Senador Jorge Kajuru (PSB)

 O Plenário adiou na quarta-feira (7), por falta de quórum, a votação do oficio que indica a procuradora de Justiça do Ministério Público do Estado de Goiás, Ivana Farina Navarrete Pena, para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). 

A votação já tinha sido iniciada quando o senador Jorge Kajuru (PSB-GO) acusou Ivana Pena (foto abaixo) de tê-lo perseguido no passado. Na ocasião, afirmou, a procuradora teria agido em conluio com o ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB).

Resultado de imagem para Ivana Pena

Kajuru fez um relato emocionado de como foi perseguido pela procuradora e revelou aos senadores que sua esposa foi estuprada a mando de Marconi Perillo. "Naquela ocasião Juca Kfouri ligou para Renan Calheiros, que era ministro da Justiça, e ele mandou minha esposa para fora do país".

Após a revelação de Kajuru o plenário ficou 5 minutos em silêncio e o presidente Davi Alcolumbre suspendeu a votação. Senadores que já tinham votado favoravelmente à indicação se desculparam com Kajuru.

No vídeo abaixo o senador relata o caso com detalhes.

Assista:

3 COMENTÁRIOS:

Povo brasileiro apático, é o maior responsável por estes absurdos das máfias instaladas no poder.
enviado por: Evandro Cambraia em 12/08/2019 às 21:02:50
0
 
0
responder
E isso não foi investigado? O Bolsonaro por uma frase idiota para Maria do Rosário, foi acusado pelas feministas de machista e outros bichos. E essa senhora? Alguma feminista a atacou?
enviado por: Julio Cesar Neves de Oliveira em 12/08/2019 às 17:24:05
0
 
0
responder
Jesus Cristo !!!
enviado por: MARCOS ELENILDO FERREIRA em 12/08/2019 às 14:36:17
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO