Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020

Municipal
Terça-Feira, 07 de Julho de 2020, 20h:39

SEM LICITAÇÃO

Idealizado pela primeira-dama de Cuiabá, programa paga R$1,2 milhão para dar suporte emocional a servidores

Jô Navarro

Matheu Pires/Secom Cuiabá

A Prefeitura de Cuiabá vai pagar R$ 1.250.000,00 (um milhão e duzentos e cinquenta mil) para manter durante seis meses o programa 'Cuidando de Quem Cuida da Gente'. Segundo a Prefeitura, a ideia é 'dar suporte emocional' a 7 mil servidores por meio da oferta de consultas online com psiquiatras e psicólogos.

As consultas serão realizadas pela Clinica Especializada Dr. André Hraoui Duailibi, contratada sem licitação.

As informações do contrato podem ser conferidas no Portal Transparência, no campo Covid, disponibilizado pela Prefeitura de Cuiabá. 

Segundo informações da Secom/Cuiabá, o programa “Cuidando de Quem Cuida da Gente” foi idealizado pela primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, com o intuito de garantir a saúde mental dos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19.

O programa, no momento, conta com duas etapas. A primeira trata-se de plataforma online disponível no site da Prefeitura de Cuiabá, com vídeos de técnicas específicas para o controle do estresse e prevenção do Transtorno de Estresse Pós-Traumático, independentemente de o servidor público estar atuando ou não na linha de frente no combate do coronavírus.

A segunda fase consiste no acompanhamento psicológico por 12 semanas - apenas para os profissionais da Saúde que estão na linha de frente no combate a Covid-19. O programa disponibilizará até 4.800 sessões de terapia para acompanhamento psicoterápico individual. Conforme o psiquiatra André Duailibi, técnico responsável pelo programa, àqueles em que se constata necessidade, é feito encaminhamento para a avaliação psiquiátrica.

A terceira e a quarta etapas do programa serão compostas por workshops presenciais em unidades de saúde para avaliar como os servidores estarão após a pandemia e a de encerramento envolvendo todos os participantes e a equipe multidisciplinar para apresentar os resultados alcançados. A expectativa é que até o final do projeto, 7 mil servidores da saúde sejam atendidos, informa a Prefeitura.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO