Domingo, 20 de Outubro de 2019

MPF
Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019, 07h:01

MPF

Procuradores incentivaram pedido de impeachment de Gilmar Mendes

Redação

Reprodução

Cotada para assumir um cargo na Procuradoria-Geral da República, a procuradora do Ministério Público Federal (MPF) de São Paulo, Thaméa Danelon, contou ao coordenador da Operação Lava Jato, o procurador Deltan Dallagnol, que redigiu uma minuta de um pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, crítico da força-tarefa. Segundo ela, o jurista Modesto Carvalhosa fez um pedido para que ela escrevesse a ação.

Mensagens divulgadas pelo portal The Intercept Brasil em parceria com o jornalista Reinaldo Azevedo apontam que ela foi apoiada por Deltan e outros procuradores do MPF. Carvalhosa já ingressou com dois pedidos de impeachment contra Gilmar: um em abril de 2018 e outro em março de 2019.

Diante da notícia, Deltan apontou que a proposta seria “sensacional” e a estimula: “Manda ver”, escreve. “Fala com o pessoal do RJ QUE TEM tudo documentado quanto à atuação do sócio da esposa”, acrescentou o procurador. Augusto Aras, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para a PGR já manifestou a intenção de nomear a procuradora para chefiar o grupo da força-tarefa que atua no órgão.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO