Domingo, 17 de Novembro de 2019

MPF
Quarta-Feira, 16 de Outubro de 2019, 18h:36

CONTRATOS CANCELADOS

MPF investiga fraudes em contratos do Minha Casa, Minha Vida em VG

Cerca de 300 contratos já foram cancelados

Da Redação

Reprodução

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou inquérito para apurar irregularidades em contratos de unidades do Minha Casa,Minha Vida em conjuntos habitacionais localizados em Várzea Grande. Os residenciais investigados são Colina Dourada, que conta com 1.000 casas, São Benedito, 1.295, e Jequitibá, que possui 404 imóveis, segundo a prefeitura de Várzea Grande.

Cerca de 300 contratos já foram cancelados. Tratam-se de contratos que foram fechados com inscritos que, comprovadamente, não têm necessidade de moradia popular, deixando de fora famílias que preencheram todos os critérios estabelecidos pelo programa federal mas não estão nas listas dos contemplados. 

As supostas fraudes no Colinas Douradas foram denunciadas pelo ativista Mario Benevides na CGU, Ministério das Cidades e no MPF.

Os responsáveis pelos contratos cancelados serão encaminhados para o Ministério Público do Estado (MPE), que adotará as providências cabíveis a cada caso. Quando da divulgação dos nomes dos contemplados surgiu a suspeita de indicação política.

Outros
Mario Benevides também apresentou denúncias sobre o atraso na entrega dos conjuntos habitacionais Nico Baracatat I e II em Cuiabá.

Representação

Representação sobre o conjunto habitacional Colinas Douradas

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO