Sexta-Feira, 25 de Maio de 2018

MPE
Quarta-Feira, 09 de Maio de 2018, 13h:03

OPERAÇÃO BÔNUS

Irmão de ex-chefe da Casa Civil acaba de se entregar ao Gaeco

Redação

Reprodução

Pedro Jorge Zamar Taques preso

Atualizada às 11h42

Irmão do ex-chefe da Casa Civil, Pedro Jorge Zamar Taques, acabou de se entregar ao Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco). Todos os presos serão encaminhados para audiência de Custódia, que ocorrerá na 11ª Vara Criminal de Cuiabá, no início da tarde.


Desembargador alerta que AL não pode revogar prisão preventiva de deputado preso em operação

A Justiça acolheu entendimento do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio do Núcleo de Ações de Competência Originária (NACO/Criminal) e Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECO), de que os deputados estaduais não possuem as mesmas prerrogativas de deputados federais e senadores, que só podem ser presos em flagrante por crime inafiançável e com aprovação de suas respectivas Casas Legislativas.

Na decisão que determinou a prisão do deputado estadual Mauro Savi, o desembargador José Zuquim Nogueira ressalta que a Assembleia Legislativa de Mato Grosso deverá observar a vedação de expedir resolução ou quaisquer atos que importem em revogação da prisão preventiva decretada. O Supremo Tribunal Federal (STF) também mantém o mesmo entendimento. 


Alvo do sexto mandado de prisão é considerado foragido

Agentes do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) estão, desde o início da manhã, tentando cumprir o sexto mandado de prisão expedido na operação Bônus. O alvo é  Pedro Jorge Zamar Taques. Irmão do ex-chefe da Casa Civil, o investigado é considerado foragido.


Quinto mandado de prisão preventiva é cumprido em Brasília

Foi cumprido mais um mandado de prisão preventiva da Operação Bônus. Acaba de ser preso o empresário José Kobori, em Brasília. Agora já são cinco mandados de prisão cumpridos. Dos seis expedidos, falta apenas um.

Os presos estão sendo encaminhados ao GAECO e, à tarde, passarão por audiência de Custódia.

NACO e GAECO prendem deputado estadual e ex-chefe da Casa Civil

 


O Núcleo de Ações de Competência Originária (NACO) Criminal e o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECO), composto por membros do Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar , deflagraram nesta manhã a segunda fase da operação Bereré, batizada como “Bônus”. Foram expedidos, pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso, 06 mandados de prisão preventiva e 05 de busca e apreensão em Cuiabá, São Paulo e Brasília. As ordens partiram do desembargador José Zuquim Nogueira. 


Dos seis mandados de prisão, quatro já foram cumpridos. Estão presos o deputado estadual Mauro Savi, que também foi afastado do Parlamento Estadual; o ex-chefe da Casa Civil, Paulo César Zamar Taques; Roque Anildo Reinheimer e Claudemir Pereira dos Santos, vulgo “Grilo”. Todos estão sendo encaminhados ao Gaeco e, à tarde, por audiência de custódia. 

A operação Bônus é resultado da análise dos documentos apreendidos na primeira fase da Bereré, dos depoimentos prestados no inquérito policial e colaborações premiadas. Tem como objetivo desmantelar organização criminosa instalada dentro do Detran para desvio de recursos públicos.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO