Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

Mato Grosso

Quinta-Feira, 26 de Dezembro de 2019, 13h:32

ELEIÇÕES

Tucanos querem impedir que PSDB caminhe para a direita

Redação

Reprodução

PSDB de Mato Grosso

Contrariados com a guinada para a direita do PSDB nacional — cada vez mais liberal —, tucanos de Mato Grosso pretendem organizar um movimento que ainda não tem nome definido, mas pode ser “Pela volta do PSDB raiz”. Noutras palavras, o que se quer é que o partido permaneça na centro-esquerda — distanciando-se da direita.

Tucanos nacionais, considerando que precisam lançar um candidato a presidente competitivo — um rival do presidente Jair Bolsonaro —, avaliam que o PSDB deve caminhar para se tornar um partido de centro-direita. O campo da esquerda já estaria ocupado pelo PT, sobretudo, PDT e PSB. Por isso, seria preciso distanciar-se da esquerda — aproximando-se da direita que, embora tenha apoiado Bolsonaro em 2018, começa a se afastar. Basta verificar que o governador de São Paulo, João Doria, está convidando ex-auxiliares do presidente a se filiarem no PSDB (caso de Geraldo Bebiano, que era bolsonarista de carteirinha). Seu objetivo é disputar a Presidência da República em 2022.

Entre os que estão participando de reuniões, nas quais discutem os rumos do PSDB em Mato Grosso, estão economistas,jovens, movimento feminino, entre outros.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO