Quinta-Feira, 16 de Agosto de 2018

Mato Grosso

Quarta-Feira, 01 de Agosto de 2018, 16h:51

ELEIÇÕES 2018

Sem fatos novos, adesões de peso, Taques e Fagundes enfrentam crise

Cícero Henrique

Reprodução

Pedro Taques e Wellington Fagundes

As campanhas dos pré-candidatos Wellington Fagundes (PR) e Pedro Taques (PSDB) ao governo vivem um momento delicado. Sem fatos novos, adesões importantes, o trabalho dos dois estagnou.

Persiste a dificuldade para atrair partidos de médio e grande porte para os dois pré-candidatos. O PP do deputado Ezequiel Fonseca, que topou mudar de lado para ficar junto de Mauro Mendes (DEM), é pouco mais do que uma legenda de aluguel. Não merece mais que rodapé de página neste processo.

O PP antes jurava de pés juntos que estaria junto na coligação com Wellington Fagundes. O formato do discurso de campanha também exauriu. Pródigo em apontar falhas genéricas do governo, não apresenta soluções em contrapartida.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO