Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017

Mato Grosso

Quarta-Feira, 27 de Setembro de 2017, 06h:42

OPERAÇÃO ESDRAS

Secretário de Justiça de MT e Paulo Taques são presos em mais uma operação contra grampolândia

Jô Navarro

Divulgação/Sejudh-MT

Cuiabá amanheceu com uma nova operação da Polícia Civil, que cumpre 9 mandados de prisão, 15 mandados de busca e apreensão e 1 condução coercitiva. Um dos alvos é o secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Cel. PM Airton Benedito de Siqueira Junior.

O coronel Evandro Lesco também foi preso nesta operação. Ele é ex-chefe da Casa Militar do Estado. 

Acaba de ser confirmada a prisão do ex-chefe da Casa Civil, advogado Paulo Taques.

Os mandados de prisão e buscas foram decretados pelo desembargador Orlando Perri e requeridos pela delegada Ana Cristina Feldner, da Polícia Civil, responsável pelo inquérito do caso conhecido como 'grampolândia'

O nome da operação é referência ao personagem bíblico Esdras, conhecido como "Aquele que ajuda, Ajudador, Auxiliador".

Grampolândia

O esquema de grampos clandestinos funcionou entre 2014 e 2015 e era operado pela Polícia Militar em Mato Grosso, segundo consta na investigação policial. O esquema foi denunciado à Procuradoria-Geral da República pelo promotor de Justiça Mauro Zaque, ex-secretário de Estado de Justiça.

Foram alvos dos grampos políticos, advogados, médicos, jornalistas e até membros do Judiciário. Os telefones foram incluídos em uma investigação sobre tráfico de drogas que teria o envolvimento de policiais militares. O grampo ocorreu, assim, na modalidade conhecida como 'barriga de aluguel'.

(11:25) - A PJC corrigiu as informações sobre a lista de presos na operação Esdras. O major Michel Ferronato não foi localizado e é procurado pela polícia. Confira abaixo os nomes dos presos. 

  • coronel Airton Siqueira (secretário de Justiça e Direitos Humanos),
  • coronel da PM Evandro Alexandre Lesco,
  • Helen Christy Carvalho Dias Lesco (mulher de Lesco),
  • Paulo Taques (ex-secretário chefe da Casa Civil e primo do governador de Mato Grosso),
  • Rogers Jarbas (secretário estadual de Segurança Pública),
  • sargento João Ricardo Soler,
  • empresário José Marilson.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO