Domingo, 25 de Agosto de 2019

Mato Grosso

Sexta-Feira, 29 de Junho de 2018, 15h:40

DELEGACIA DE HOMICÍDIOS

Polícia Civil cumpre mandados contra acusados de matar vítima espancada em Cuiabá

Redação

PJC-MT

Presos três suspeitos do homicídio de um jovem

Sete mandados judiciais contra três suspeitos do homicídio de um jovem em Cuiabá foram cumpridos pela Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), da Polícia Judiciária Civil, na operação "Hamurabi”, deflagrada nesta sexta-feira (29.06). Na ação, foram cumpridos três mandados de prisão temporária e quatro de busca e apreensão contra os investigados.

Identificados como autores do crime, José Antonio Praxedes, Caio José da Silva Brum, 19, conhecido como “Gordinho”, e Vinícius Souza Carmim, tiveram os mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça. Eles são apontados como autores do espancamento do jovem, Lucas Petter da Silva Garces, 20, ocorrido na noite do dia 11 de abril, no bairro Santa Isabel. 

Conforme investigação conduzida pela DHPP, José Antonio e Caio José na companhia de um comparsa foram os executores do homicídio. Vinícius foi o responsável por levar a vítima até o local, onde foi assassinada. O crime foi motivado pelo fato da vítima ter praticado diversos roubos a transeuntes no bairro Cidade Verde  

De acordo com a delegada Jannira Laranjeira Siqueira Campos, os autores queriam aplicar uma “disciplina” na vítima, através de espancamento (lesão corporal). Mesmo socorrido e encaminhado para atendimento médico, Lucas Petter não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte, 12 de abril. 

Com base nos indícios e provas de autoria, foi representado pelos pedidos de prisão temporária de busca e apreensão domiciliar contra os suspeitos. Após decretadas as ordens policias, os investigadores da DHPP desencadearam a operação, conseguindo localizar os três envolvidos.

Durante busca na residência do Caio José, os policiais civis apreenderam algumas porções de entorpecente análogas a maconha e cocaína. Diante do flagrante, além de preso por força do mandado de prisão, ele foi autuado e responderá pelo crime de tráfico de drogas.

Os três suspeitos foram encaminhados à DHPP, interrogados e posteriormente colocados à disposição da Justiça. As diligências continuam para localizar o quarto envolvido, também executor do homicídio, que está foragido.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO