Sábado, 14 de Dezembro de 2019

Mato Grosso

Quarta-Feira, 04 de Dezembro de 2019, 06h:21

OPERAÇÃO VOO BAIXO

PF apreende 15 aviões em operação contra o tráfico internacional de drogas em 6 estados

Redação

Reprodução

Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (4) uma operação de combate ao tráfico internacional de drogas. Ao todo, foram expedidos cerca de 50 mandados judiciais, sendo ao menos 13 de prisão e 33 de busca e apreensão em seis estados: São Paulo, Mato Grosso do Sul, Bahia, Santa Catarina, Mato Grosso e Minas Gerais.

O principal alvo da operação é o empresário Rubens de Almeida Salles Neto, preso nesta manhã em Paranaíba, no Mato Grosso do Sul, que comandava o envio de cocaína da Bolívia, por avião, para o Brasil e depois fazia a distribuição da droga por meio de fazendas no Mato Grosso do Sul e São Paulo.  A droga chegava ao porto de Santos, a partir de onde era remetida para a Europa.

Estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão. Os 46 mandados judiciais foram cumpridos nas cidades Araçatuba/SP (4), Campinas/SP (2), Dourado/SP (1), Guararapes/SP (1), Jaú/SP (1), Pereira Barreto/SP (3), Ribeirão Preto/SP (1), São José do Rio Preto/SP (8), São Paulo/SP (1), Vargem Grande Paulista/SP (1), Cassilândia/MS (2), Alcinópolis (1), Coxim/MS (3) e Três Lagoas/MS (2), Presidente Getúlio/SC (1) e Eunápolis/BA (1), em 4 diferentes Estados (SP, MS, BA e SC). Além dos mandados judiciais, foram realizadas apreensões de 15 aeronaves, bem como solicitado o sequestro de imóveis, dentre eles 03 fazendas.

Durante a investigação, que começou em 2018, foram presas outras 11 pessoas que participavam da quadrilha. Seis grandes apreensões também foram feitas nesse período da investigação.

Durante a apuração, um avião foi interceptado pela Força Aérea na fronteira com a Bolívia em abril de 2018, contendo 480 quilos de cocaína.

Os investigados serão indiciados pela prática de crimes de tráfico de drogas (artigo 33, parágrafo 1º, inciso I, da Lei 11.343/06) e associação para o tráfico de drogas (artigo 35 da mesma lei), com penas de 05 a 15 anos e multa e 03 a 10 anos e multa, respectivamente.


Avião apreendido pela PF nesta quarta na operação Voo Baixo — Foto: PF/divulgação

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO