Domingo, 15 de Dezembro de 2019

Mato Grosso

Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019, 08h:47

TRANSPARÊNCIA

Penduricalho pago a conselheiros do TCE-MT equivale a 16 salários de professor

O TCE-MT afronta o Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou a extinção dos "penduricalhos". 

Redação

Divulgação

Verba que TCE-MT paga anualmente para conselheiros comprarem livros, conhecida como 'vale-livro', foi reajustada em janeiro para R$ 70,9 mil, pagos em duas parcelas. Os conselheiros não precisam comprovar a aquisição de obras técnicas.

O valor equivale a 16 salários de um professor considerando o piso estadual, informa nesta segunda-feira o jornal O Estado de São Paulo.

Os conselheiros recebem R$ 64,3 mil por mês, quase o dobro do teto constitucional. O pagamento inclui:

- Subsídio R$ 35.462,22

- Gratificação de função de R$ 3.831,10

- Auxílio-alimentação de R$ 1.510

- Verba de Natureza Indenizatória para o exercício da atividade de controle externo de R$ 23.873,16 mil.

Os valores entram integralmente na conta dos conselheiros. CONFIRA AQUI 

Apesar disso, o portal Transparência do TCE não identifica na planilha de remuneração dos conselheiros os auxílios e bonificações. veja abaixo:

Portal Transparência/TCE-MT

Transparência

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!