Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Mato Grosso

Terça-Feira, 05 de Novembro de 2019, 16h:16

VEJA AS CIDADES

PEC que prevê fusão de municípios pode atingir Mato Grosso

Redação

Reprodução

Mapa Mato Grosso

O pacote econômico apresentado pelo governo nesta terça-feira (5) ao Congresso Nacional prevê a junção de municípios pequenos que não arrecadam o suficiente para cobrir suas despesas. A medida foi anunciada pelo líder do governo no Senado Federal, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

De acordo com Bezerra, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dá um prazo até 2024 para municípios com menos de 5 mil habitantes alcançarem uma arrecadação equivalente a 10% das despesas. Se não alcançarem essa receita, a medida prevê a junção de cidades em uma só.

No Mato Grosso, a medida pode afetar cem municípios segundo estimativa do IBGE divulgada no último dia 2 de setembro. Eis a relação dos municípios paranaenses com menos de 5.000 habitantes.

Observação: abaixo somente os municípios com menos de 5. 000 hibitantes, isso não quer dizer que não tem arrecadação.

Canabrava do Norte 4 761
109 São Pedro da Cipa 4 674
110 Nova Guarita 4 578
111 Santa Carmem 4 486
112 São José do Povo 4 021
113 Novo Horizonte do Norte 3 985
114 Conquista d'Oeste 3 973
115 Rondolândia 3 966
116 Nova Brasilândia 3 928
117 Itaúba 3 901
118 Tesouro 3 786
119 Nova Nazaré 3 765
120 Nova Santa Helena 3 699
121 Torixoréu 3 672
122 União do Sul 3 562
123 Figueirópolis d'Oeste 3 537
124 Salto do Céu 3 437
125 Santa Rita do Trivelato 3 330
126 Nova Marilândia 3 249
127 Santo Afonso 3 136
128 Vale de São Domingos 3 128
129 Araguaiana 3 119
130 Porto Estrela 3 050
131 Glória d'Oeste 3 045
132 Indiavaí 2 725
133 Reserva do Cabaçal 2 721
134 Planalto da Serra 2 676
135 Novo Santo Antônio 2 574
136 Santa Cruz do Xingu 2 495
137 Ribeirãozinho 2 388
138 Luciara 2 099
139 Serra Nova Dourada 1 622
140 Ponte Branca 1 602
141 Araguainha 956

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO