Segunda-Feira, 19 de Fevereiro de 2018

Mato Grosso

Terça-Feira, 06 de Fevereiro de 2018, 07h:58

DÍVIDA DE R$ 4 MILHÕES

Justiça reprova contas da campanha de Wilson Santos em 2016

Da Redação

Gcom/MT

Contas da campanha de Wilson Santos em 2016, quando concorreu ao cargo de prefeito de Cuiabá, foram reprovadas pela juíza Gabriela Karina Knaul de Albuquerque e Silva, da 51ª Zona Eleitoral de Cuiabá. Ela apontou 16 irregularidades e pediu que o Ministério Público Eleitoral avalie a necessidade de investigar possível abuso de poder econômico.

A juíza apontou, na decisão, que Wilson Santos (PSDB) e o então candidato a vice-prefeito Leonardo Oliveira (PSB) ficaram com uma dívida de campanha de R$ R$ 4.052.474,16 milhões que o diretório do PSDB concordou assumir. Mas a juíza afirma que não há anuência de todos os credores e nem todos são contemplados.

Dentre outras irregularidades, destaque para a contratação de militância acima do limite legal. Wilson contratou 791 pessoas, quando o limite era 685.Também foi apontada a omissão de despesas realizadas.

“A regularidade das contas acabou substancialmente prejudicada por diversas irregularidades severas, destacando-se, dentre outras, a elevadíssima dívida de campanha não respaldada por assunção de dívida formalmente válida, não comprovação de despesas pagas com recursos do Fundo Partidário, recebimento de doação vedada (pessoa jurídica), utilização de recursos aportados à conta de campanha por meio diverso da transferência eletrônica, saques realizados na conta corrente e extrapolação na contratação de pessoal para a atividade de militância”.

Wilson Santos ainda pode recorrer da decisão.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO