Terça-Feira, 21 de Maio de 2019

Mato Grosso

Sexta-Feira, 01 de Março de 2019, 16h:01

DISPUTA POR VAGA NO TCE

Humberto Bosaipo tenta anular renúncia para reassumir vaga ocupada por Maluf

Jô Navarro

Reprodução

Ex-conselheiro do TCE, Humberto Bosaipo

Cuiabá - Apesar de tardio, o ex-conselheiro de contas do TCE-MT Humberto Bosaipo ingressou com Agravo de Instrumento no Tribunal de Justiça de Mato Grosso para anular sua renúncia.

A vaga foi hoje ocupada por Guilherme Maluf após muita polêmica na ALMT, MPE e TJ, pertencia a Bosaipo, que renunciou em dezembro de 2014.

O Agravo de Instrumento foi distribuído para o desembargador Márcio Vidal, que está viajando e só retorna à Capital depois do carnaval.

Caso Bosaipo consiga retornar ao cargo de conselheiro de contas do TCE-MT, Guilherme Maluf perderá o cargo.

Justificativa
Humberto Bosaipo argumenta que estava internado, em tratamento para depressão, fazendo uso de medicação, quando alternava entre períodos de lucidez e confusão mental, renunciou ao cargo. “Enquanto estava internado e sob efeito dos medicamentos, período no qual alternava momentos de aparente lucidez e de evidente confusão mental, o agravante [Bosaipo], em 05/12/2014, renunciou ao cargo de conselheiro do TCE”.

No AI o ex-conselheiro pede a suspensão da publicação de sua exoneração.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO