Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020

Mato Grosso

Quinta-Feira, 19 de Março de 2020, 16h:56

CORONAVÍRUS

CRM denuncia falta de leitos e de EPIs em Cuiabá e VG

Jô Navarro

A presidente do CRM-MT, Dra. Hildenete Monteiro Fortes, denunciou hoje (19) em coletiva de imprensa, que as unidades de saúde de Cuiabá não têm treinamento nem Equipamento de Proteção Individual (EPI) para enfrentar a pandemia do novo coronavírus.

Segundo o CRM, são referências para atendimento de pacientes infectados pelo novo coronavírus o Hospital Universitário Julio Mulher, com apenas um leito de isolamento, o Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC), a Santa Casa de Misericóridia de Cuiabá e o Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande.

O CRM recebeu denúncias de todas as unidades de saúde relatando falta de insumos, como máscaras cirúrgicas N95, capotes, óculos e luvas.

O Caldeirão Político já noticiou ontem e hoje a falta de EPIs no Hospital Estadual Santa Casa, onde até mesmo funcionárias de limpeza, contratadas por empresa terceirizada (Luppa), trabalham sem máscaras e estão com os salários atrasados há dois meses.

“Não houve algo oficial, mas foi veiculado vídeo de ratos na UTI Infantil. Ontem à noite (quarta-feira), eu recebi a ligação de uma médica dizendo que os ratos estão por toda a parte. Não só na UTI”, disse Hildenete.

Capacitação
Os servidores das unidades de saúde do município de Cuiabá também não receberam nenhum treinamento para atender pessoas com Covid-19, alerta a presidente do CRM. Segundo ela, a médica contratada para capacitar os servidores adoeceu. O CRM prontificou-se a ajudar com o treinamento. 

Os servidores da Santa Casa também não foram capacitados e trabalham assustados, temendo pela própria vida.

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO