Sexta-Feira, 19 de Abril de 2019

Mato Grosso

Sexta-Feira, 01 de Fevereiro de 2019, 06h:00

DESCUMPRIMENTO DOS ÍNDICES CONSTITUCIONAIS

Contas do Estado de Mato Grosso estão deterioradas desde 2014

Cícero Henrique

Reprodução

Pedro Taques

As contas públicas do Estado de Mato Grosso estão deterioradas desde 2014, no mínimo. O último superávit orçamentário experimentado pelo governo tucano que comanda Mato Grosso desde 1998 ocorreu em 2011. De lá pra cá, o Estado nunca mais fechou no azul e em 2015.

Comandado por Pedro Taques (PSDB), o Governo de Mato Grosso se arrastou para chegar até aqui, e agora, definitivamente, vê-se numa situação de insolvência que começa a causar colapso na prestação dos serviços públicos.

Hoje, são diversos problemas graves nas unidades de saúde estaduais, por falta de repasses dos recursos.

Em 2017, a situação continuou se deteriorando e o Governo de Pedro Taques continuou se valendo de manobras contábeis para fechar as contas públicas. 

O ano de 2018 ainda não terminou, mas o governador eleito, Mauro Mendes, já informou que receberá o Estado com um rombo no caixa que gira em torno de R$ 4 bilhões.

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!