Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020

Mato Grosso

Domingo, 02 de Fevereiro de 2020, 10h:59

TRISTE REALIDADE

Confira as empresas de Mato Grosso que estão na Lista Suja do trabalho escravo

Cícero Henrique

Reprodução

Trabalho escravo

Um levantamento feito pela Secretaria Especial de Previdência, do Ministério da Economia, revela que em 2019 houve mais de mil pessoas resgatadas em condições análogas à escravidão no Brasil. Em Mato Grosso, foram 90 casos, a maioria envolvendo fazendas ou empresas. 

Os números foram divulgados no dia 28 de janeiro em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. A data é celebrada em homenagem a três auditores fiscais e um motorista mortos no dia 28 de janeiro de 2004 em Unaí, Minas Gerais, quando se dirigiam para uma inspeção em fazendas. 

Na lista atual, foram incluídos 28 novos estabelecimentos distribuídos por 13 estados. Minas Gerais é o estado com maior número de novos empregadores, com o acréscimo de quatro estabelecimentos, todos produtores de carvão vegetal. Produtores de banana e de café também representam maioria entre os infratores mais recentes.

Confira as empresas atuadas, seguidos do local do flagrante e a quantidade de vítimas acessada aqui.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO