Sábado, 26 de Maio de 2018

Mato Grosso

Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 14h:46

COMBATE À CORRUPÇÃO

Alvo de denúncias, ALMT apoia evento com palestras de Deltan Dallagnoll e Rodrigo Janot

Justamente nesta semana a ALMT é manchete nos noticiários locais após denúncia de 7 deputados pelo MPE

Da Redação

Cícero Henrique/Caldeirão Político

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) é uma das instituições que apoiam o 1º Encontro Mato-grossense de Estudantes e Profissionais das áreas de Direito, Administração, Contabilidade, Economia e Marketing. Dois palestrantes famosos participam do evento. Na terça-feira (16) foi a vez do coordenador-geral da Operação Lava Jato e procurador da República, Deltan Dallagnol, que discorreu sobre Corrupção e Ética. Nesta quinta-feira (17) o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, discorre sobre o tema Combate à Corrupção.

Justamente nesta semana a ALMT é manchete nos noticiários locais. Ontem (17) o MPE ofereceu denúncia contra 51 pessoas, 7 delas são deputados estaduais, inclusive o presidente Eduardo Botelho (DEM), acusados de participar do esquema de desvio de recursos do Detran-MT. A ALMT também articula para analisar, contra determinação judicial, a prisão do deputado Mauro Savi, preso desde o dia 9 de maio, apontado pelo Gaeco como lider da Orcrim.

Todos os membros da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa são alvos de investigação por parte do MP.

No evento apoiado pela ALMT o procurador Deltal Dallagnol afirmou que os crimes relacionados à corrupção desviam cerca de R$ 200 bilhões anualmente no Brasil, valor bem superior às verbas destinadas à educação e à saúde.

Segundo ele, o desvio deste dinheiro gera não só baixa educação e péssimo atendimento à saúde, como a ineficiência da própria economia. “O único caminho para reverter essa situação é pela via democrática”, defendeu Dallagnol, acrescentando que a Fundação Getúlio Vargas e a Transparência Internacional Brasil estão preparando uma campanha para as eleições deste ano para tentar reverter essa realidade.

“Em resumo, é uma campanha voltada para conscientizar o eleitor em votar nos candidatos ficha limpa, que tenham compromisso com a democracia e que apoiam o pacote anticorrupção. Não importa que sejam de direita, esquerda ou de centro, o importante é que estejam compromissados com estes três pontos”.

O 1º Ecomep tem o apoio do Governo de Mato Grosso, por meio da SEC (Secretaria de Cultura), Assembleia Legislativa, OAB Mato Grosso, Conselhos Regional de Administração, Contabilidade e de Economia, Lide Mato Grosso e Coxipó Assessoria de Imprensa. É uma realização da Cordemato, com produção de BR Consultoria e Eventos.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO