Domingo, 20 de Outubro de 2019

Mato Grosso

Segunda-Feira, 07 de Outubro de 2019, 10h:44

COMBATE AO TRÁFICO

Ação conjunta prende traficantes e fecha boca de fumo em Confresa

Redação

PJC-MT

Combate ao tráfico

Quatro pessoas envolvidas com o tráfico de drogas em Confresa (1.160 km a Nordeste da Capital) foram presas em flagrante, na sexta-feira (04.10), em ação integrada da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar do município. Com os suspeitos, foi apreendido porções de entorpecentes, dinheiro, três motocicletas e vários objetos de origem ilícita..

Os presos, Marcelo Alves Souza dos Santos, 19, conhecido como “Camundongo”, Wesley Hudson Rodrigues Mendes, 24, o “Macaco Louco”, Ednei Lima da Silva, 20, o “Cachopa” e Mateus Silva Araújo, 23, chamado de “Magrelo”, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

O grupo de traficantes já era investigado há algum tempo pela Polícia Civil de Confresa, pela suspeita de manterem um ponto de venda de entorpecentes na cidade. Após alguns dias de monitoramento, os policiais confirmaram que a casa era utilizada para o comércio de drogas, devido a grande movimentação de usuários no local.

Diante das evidências, os policiais civis e militares realizaram a ação na residência, e no momento em que chegaram, três dos suspeitos empreenderam fuga para os fundos da casa, pulando o muro. As equipes saíram em busca dos fugitivos que foram detidos ainda nas imediações.

Em buscas na residência, foram apreendidos 04 porções grandes de crack, aproximadamente R$ 1,5 mil em dinheiro, diversos aparelhos celulares de marcas e modelos diferentes sem procedência, 01 mostruário com diversas semijoias, uma toca ninja, um par de luvas utilizados para assaltos, além de três motocicletas.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos suspeitos, que foram conduzidos junto aos materiais apreendidos para Delegacia de Confresa. Após interrogados, os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico e posteriormente encaminhados para Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte à disposição da Justiça.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO