Quinta-Feira, 16 de Agosto de 2018

Mato Grosso

Domingo, 05 de Agosto de 2018, 11h:24

ELEIÇÕES 2018

A força da máquina pública na convenção do PSDB em MT

Cícero Henrique

Cícero Henrique/Caldeirão Político

Convenção do PSDB-MT

O PSDB realiza agora em Cuiabá sua convenção estadual com auditório lotado. O peso da máquina pública é evidenciado pela presença de centenas de servidores comissionados no evento tucano.

Segundo o Tribunal de Contas do Estado (TCE), em 2017, o governador Pedro Taques chegou a ultrapassar o limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF, ou LC 101/2002), sobre o uso da Receita Corrente Líquida do Estado com pagamento de pessoal e encargos pessoais.

Rui Prado, candidato a vice-governador na chapa de Pedro Taques, disse que esteve "em outro caminho, mas estou aqui agora". Prado destacou as qualidades do governador, dentre elas "pagamento em dia dos salários". 

Selma Arruda (PSL), candidata a senadora, fez um discurso de 'caça aos corruptos", lembrando que "Pedro Taques pegou esse estado no seu pior momento, não só de crise nacional, mas herdando uma herança de corrupção cuja quadrilha assaltou esse estado e eu ajudei a prender". 

No palco estão presentes diversos políticos investigados por suposta corrupção. 

Pedro Taques agradeceu a presença dos coligados e negou estar isolado nesta disputa à reeleição. “Tenho fé que estamos no caminho certo. Mato Grosso não pode voltar para trás, Mato Grosso tem que seguir pra frente. Mato Grosso vai resolver os problemas da sociedade”, disse o governador.

“Chapa definida graças a Deus... Graças a Deus estamos aqui com nosso vice o Rui Prado, o senador Nilson leitão, a senadora Selma Arruda. O que demonstra que Mato Grosso vai seguir em frente. Para mim é uma honra ter a militância conosco nessa caminhada”, disse Taques.

O deputado federal Nilson Leitão, candidato tucano ao Senado, anunciou Luís Carlos Nigro na primeira suplência.

Leia também: 

Desconforto no ninho

Mais informações em instantes.

2 COMENTÁRIOS:

MT não pode voltar pra tras, tem que seguir em frente, como assim???!!!! É porque o MDB está apoiando o Mauro??? Mas sempre o fez desde a epoca da eleição a prefeitura, não existe ai incoerencia. Incoerencia existe em você, a base aliada, todos da base de sustentação do Silval, seu vice era da base do Riva, seus secretariado envolvido em escandalos e roubos, na grampolandia. Ai agora vem dar uma de combatente de corrupção???!!! Nos poupe da vergonha alheia.
enviado por: Teka Almeida em 05/08/2018 às 13:17:10
0
 
0
responder
Não precisa registrar a candidatura de Pedro Taques, substituam esse candidato, pois a derrota vai ser humilhante para o PSDB.
enviado por: Ex-eleitor do Taques em 05/08/2018 às 12:27:17
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO