Sexta-Feira, 19 de Abril de 2019

Mato Grosso

Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 08h:46

POLÍCIA FEDERAL EM CUIABÁ

4ª fase da Operação Araceli combate crimes de abuso sexual infantil em Mato Grosso

Estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão em três municípios de MT e um em RO

Redação

Arquivo/PF

A Polícia Federal, por meio do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos, deflagrou nesta quinta-feira (7/2) a 4ª fase da Operação Araceli*, com o objetivo de combater o crime de abuso sexual infantil. A operação é comandada pelo delegado federal  Pedro Sakamoto.

Estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão em Cuiabá (3 mandados), em São José do Rio Claro (2 mandados), Barra do Bugres (MT) e 1 mandado no município de Cerejeira, no interior de Rondônia.

Trata-se de trabalho de investigação permanente que conta com o apoio de populares denunciantes, com ferramentas tecnológicas disponibilizadas por organizações não governamentais estrangeiras (www.missingkids.com e www.childrescuecoalition.org), além do auxílio das polícias de Berna/Suíça e Wellington/Nova Zelândia.

Segundo a PF, os dados dos investigados não serão informados para garantir o sigilo necessário às investigações e para preservação da imagem destes. Nomes são divulgados somente após condenação criminal, no mínimo em segunda instância.

O delegado Sakamoto, chefe da operação Araceli,  está conclamando a população a denunciar casos de abuso sexual infantil de que tenham conhecimento. A denúncia pode ser feita a qualquer unidade da polícia ou do Ministério Público. É assegurado o sigilo dos dados do denunciante, caso necessário.

*O nome da operação é uma homenagem à Araceli Cabrera Sánchez Crespo, criança brasileira vítima de abuso sexual e de violência, assassinada em 18/05/1973. A data de 18/05 tornou-se o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO