Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020

Malagueta

Domingo, 12 de Abril de 2020, 08h:07

HORA DA RAZÃO

SENADOR JORGE KAJURU, DIZ NO CASO COVID-19, BOLSONARO PRECISA SER RESPONSÁVEL E PROTEGER OS BRASILEIROS

Redação

Reprodução

Bolsonaro e Kajuru

As posições e atitudes do presidente da República, Jair Bolsonaro em relação ao coronavírus vem sendo reprovado pelos especialistas em saúde pública, pela grande maioria do Congresso Nacional, do Judiciário e principalmente dos governadores e prefeitos. Sem contar que a reprovação popular aumentou também. 

O que se espera de um presidente é uma atitude de respeito, coerência, responsabilidade e principalmente ser um líder de conciliação neste momento tão terrível que a população do país passa, e é justamente o contrário que vem ocorrendo diante das provocações de Jair Bolsonaro contra sua própria equipe do Ministério da Saúde.

O senador Jorge Kajuru, disse que um presidente da República tem o dever de, acima de tudo, zelar pela saúde e pela segurança daqueles que representa. “Um presidente representa todos, não apenas os aliados. Terminada a eleição, ao assumir o poder, é preciso entender que se governa para todos, inclusive para aqueles que discordam do gestor federal.” Portanto, frisa o senador do Cidadania, ao sair às ruas, conversando e cumprimentando os indivíduos — em pleno avanço da pandemia do coronavírus, que já vitimou mais de 1050 pessoas —, Jair Bolsonaro não está desrespeitando exatamente o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, “e sim todo o país”.

“Sair às ruas, levando insegurança às pessoas, e certamente convidando-as a fazer o mesmo, é pura insensatez, exagero ou falta de equilíbrio”, postula Jorge Kajuru.

Bolsonaro, na opinião de Kajuru, tem de permitir que se continue “priorizando aqueles que estão nos grupos de risco. Os jovens já clinicados vão aos poucos recomeçando a trabalhar”.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO