Sábado, 20 de Julho de 2019

Malagueta

Sexta-Feira, 19 de Abril de 2019, 08h:31

SMS

SECRETÁRIO DIZ QUE PRÊMIO ILEGAL FOI "EQUÍVOCO"

Redação

Divulgação

Luiz Antonio Possas de Carvalho

O Secretário interino de Saúde, Luiz Antônio Possas de Carvalho, agora diz que a Portaria/SMS 06/2019, que assinou em benefício próprio, concedendo-se o chamado "prêmio saúde" foi na verdade um "equívoco".

O prêmio autoconcedido foi pago durante quatro meses, no valor mensal de R$ 7,8 mil, sem que o secretário Possas, que também é Procurador-Geral do município, sequer 'desconfiasse' de qualquer irregularidade.

Somente depois do caso denunciado pela oposição na Câmara Municipal e o TCE receber a representação dos vereadores, Luiz Possas constatou o EQUÍVOCO, pediu a suspensão do pagamento e disse que vai devolver os valores já recebidos.

Leia também: Escritório de Luiz Pôssas presta serviços para AFIP, terceirizada da Saúde em Cuiabá

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO