Domingo, 21 de Outubro de 2018

Malagueta

Quinta-Feira, 07 de Junho de 2018, 10h:12

LAVA JATO

R$ 50 MIL DA FECOMÉRCIO PARA FACULDADE DE GILMAR MENDES

Redação

Reprodução

Ministro Gilmar Mendes

Deu no jornal Estadão que a força-tarefa da Operação Lava Jato, no Rio de Janeiro, afirma que a quebra de sigilo fiscal da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro revelou um pagamento de R$ 50 mil, feito em 2016, em benefício do Instituto Brasiliense de Direito Público, que tem o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), como um dos sócios-fundadores. O Ministério Público Federal quer que seja declarada a suspeição de Gilmar, que soltou o ex-presidente da Fecomércio Orlando Diniz, na última sexta-feira (1).

O empresário presidiu a Fecomércio-RJ por cerca de 20 anos até ser preso por ordem da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro em fevereiro de 2018. Orlando Diniz é réu acusado pela força-tarefa da Lava Jato, no Rio, 

Pelo jeito a Lava Jato começa atingir o Judiciário Brasileiro.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO