Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020

Malagueta

Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019, 10h:10

MEDEIROS SENADOR?

PODEMOS QUER CASSADO PELO TSE PARA DISPUTAR VAGA ABERTA POR SELMA ARRUDA

Medeiros falsificou ata e roubou 4 anos de mandato de Paulo Fiuza no Senado

Cícero Henrique

Gazeta digital

José Medeiros

Noticiada esta manhã pela revista Crusoé a decisão do Podemos de lançar o deputado Federal José Medeiros para disputar a vaga ao Senado em eleição suplementar em Mato Grosso. A vaga foi aberta após cassação do mandato da senadora Selma Arruda (Pode).

Para quem não sabe, na semana passada o ministro Og Fernandes confirmou a decisão do TRE-MT em julho de 2018 que cassou o mandato do então senador José Medeiros por ter falsicicado a ata da coligação  "Mato Grosso Melhor pra Você" em 2010. Segundo o TRE-MT, José Medeiros alterou a ordem de suplentes em benefício próprio com ajuda de Paulo Taques, que era o advogado da coligação.

A falsificação foi atestada pela Polícia Federal, que periciou a ata.

Perícia comprova fraude

 

Quem deveria ter assumido o mandato de senador é o empresário de Sinop Paulo Fiuza, verdadeiro primeiro suplente. Fiuza afirma que Medeiros roubou seu mandato e vai pedir que o ministro Og Fernandes leve o caso para julgamento no Pleno, para então confirmar a decisão de cassação e em seguida acionará José Medeiros criminalmente por danos morais e materiais. O caso vai longe. 

Caso se confirme a candidatura de Medeiros, certamente seus adversários darão ampla publicidade da fraude por ele protagonizada.

Veja abaixo como foi o julgamento do caso no TRE-MT, que cassou o mandato de José Medeiros.

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO