Sábado, 15 de Dezembro de 2018

Malagueta

Terça-Feira, 28 de Agosto de 2018, 12h:10

FALOU DEMAIS

GALINHO NÃO É PEIXE, MAS MORRE PELA BOCA

Redação

Gcom/MT

No dia 10 de abril de 2018 o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) desafiou a deputada Janaína Riva (MDB) a renunciar ao mandato se não fosse provado o desvio de R$ 56 milhões da Seduc-MT.

“Se realmente o que a senhora acabou de dizer aqui que houve um roubo um desvio de R$ 56 milhões na Seduc, na gestão Permínio/Pedro Taques, eu, Wilson Santos, renuncio o meu mandato semana que vem. Agora eu quero perguntar a senhora: a senhora renuncia ao seu mandato se a senhora faltou com a verdade nesse assunto?”, desafiou o tucano.

O esquema em questão foi desarticulado pela operação Rêmora. O ex-secretário de Educação Permínio Pinto, que chegou a ser preso, conseguiu emplacar uma colaboração premiada, já homologada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Melo.

Nos últimos dias trechos da colaboração começaram a 'vazar' na imprensa. Permínio não só confirmou a existência do esquema, como afirmou que o governador Pedro Taques sabia de tudo.

O empresário Alan Malouf também firmou acordo de colaboração premiada e confirmou que houve Caixa Dois na campanha de Pedro Taques em 2014. Também denunciou que, além dele, o deputado federal tucano Nilson Leitão, o ex-secretário de Fazenda Paulo Brustolin e do ex-secretário Júlio Modesto recebiam propina dos empresários que venciam licitações na Seduc.

Hoje a deputa Janaína ocupou a tribuna na Assembeia Legislativa e cobrou a renúncia de Wilson Santos.

O 'galinho' não é peixe, mas 'morre' pela boca. 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO