Sábado, 21 de Outubro de 2017

Malagueta

Terça-Feira, 19 de Setembro de 2017, 17h:10

TCEMT

"Conselheiros só trabalhavam através das propinas", diz Fux

Redação

Reprodução

Tribunal de Contas de MT

Na decisão em que determinou o afastamento de cinco conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que a investigação da Operação Malebolge constatou que eles exigiam propina de “forma sistemática” no âmbito da Corte de Contas.

Na última quinta-feira (14), foram alvos do afastamento e de mandados de busca e apreensão os conselheiros Antônio Joaquim, José Carlos Novelli, Valter Albano, Sérgio Ricardo e Waldir Teis.

As delações apontaram que os conselheiros teriam exigido R$ 53 milhões em propina para permitir o prosseguimento das obras da Copa do Mundo de 2014.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO