Sábado, 17 de Agosto de 2019

Nacional
Sábado, 20 de Julho de 2019, 07h:21

AS ASNEIRAS DE BOLSONARO

“Um dia após o outro ele cria uma crise, fala uma bobagem”, dispara senador

Redação

Reprodução

Senador Otto Alencar, líder do PSD no Senado Federal

As recentes declarações do presidente Jair Bolsonaro, principalmente de que “passar fome no Brasil é uma grande mentira” — fala que o presidente já teve que explicar — provocaram reações no mundo político, segundo o jornal O Estado de S. Paulo e o blog O Antagonista.

O deputado federal Arthur Lira, líder do bloco PP, MDB e PTB na Câmara dos Deputados, disse ao jornal O Globo: “Eu não acredito que tenha sido pejorativo. Mas a distância de Brasília com os rincões do Brasil é o que talvez permita a distância do raciocínio. Em Alagoas, agora, temos mais de 30 municípios em estado de calamidade por causa da seca. O melhor é reavaliar essa declaração.”

Já o senador Otto Alencar, líder do PSD no Senado Federal, afirmou ao jornal: “Ele não sabe o que se passa no interior do Brasil. Será que ele não entende a miséria da periferia do Rio de Janeiro? Não sabe que tem 15 milhões de brasileiros abaixo da linha de pobreza? Um dia após o outro ele cria uma crise, fala uma bobagem. Lamento muito, é mais um disparate, um lapso verbal entre tantos outros que ele diz.”

A série de declarações polêmicas de Jair Bolsonaro nos últimos dias parece ter irritado o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). A gota d’água foi a ideia de Bolsonaro de que “não há fome no Brasil”, dada durante café da manhã com jornalistas nesta sexta-feira, 19. “Fale menos besteiras e governe mais”, disse Randolfe, listando a situação da fome no Brasil. “Somente um presidente que não conhece a realidade nacional poderia proferir uma asneira como essa”, disse.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO