Terça-Feira, 26 de Maio de 2020

Nacional
Terça-Feira, 12 de Maio de 2020, 17h:17

QUEM NÃO DEVE NÃO TEME

Senadores Alvaro Dias e Randolfe Rodrigues exigem divulgação na íntegra do vídeo da reunião

Redação

Reprodução

Senador Alvaro Dias (Podemos-PR) e Randolfe Rodrigues (AP-Rede)

O senador Alvaro Dias (Podemos-PR), líder do seu partido, defendeu a divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril.

Ele disse ao blog O Antagonista: “Vazamentos seletivos sempre proporcionam dúvidas. A divulgação da íntegra do vídeo passa a ser uma exigência de transparência e do dever à publicidade dos atos públicos.” Para Dias, o vídeo pode trazer “esclarecimentos cobrados pela sociedade”.

Já o senador Randolfe Rodrigues (AP-Rede) acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) para que o vídeo da reunião ministerial de 22 de abril seja divulgado. No pedido direcionado ao ministro Celso de Mello, relator do inquérito sobre a saída de Sergio Moro do governo, Randolfe diz que a divulgação da íntegra do vídeo é “imperiosa”.

“É imperiosa a divulgação na íntegra do citado vídeo o mais rápido possível, a fim de que a sociedade possa livremente deliberar sobre os fatos ali expostos.” O senador também afirma no documento:  “Agentes públicos devem ser responsabilizados por seus atos, não podendo se esconder sobre o manto do sigilo para verdadeira irresponsabilidade.”

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO