Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018

Nacional
Quarta-Feira, 17 de Outubro de 2018, 18h:56

CASO DA FRAUDE EM ATA

O tempo do Judiciário não é o tempo da justiça

Processo da fraude em ata está parado na mesa do ministro Og Fernandes e senador segue impune

Jô Navarro

Reprodução

"Eu considero o fato gravíssimo, não é pouco grave não, é espantosamente grave. Acho que deve justificar a tramitação mais célere possível deste recurso. Mas sua excelência, na forma da lei aplicou o efeito suspensivo de que o recurso desfruta e consequentemente não há como não acompanhá-lo. De novo ressaltando que o fato é gravíssimo e devemos resolver isso o mais rápido possível", disse o ministro do TSE Luis Barroso, no dia 25 de setembro, data do julgamento do Agravo Regimental impetrado pelos advogados de Paulo Fiuza.

Leia sobre este caso: Ministro Barroso fica chocado com caso da fraude em ata e pede julgamento célere 

Andamento Og Fernandes

 

Apesar da gravidade da escandalosa fraude na ata da coligação Mato Grosso Melhor Pra Você, em 2010, que trocou a ordem de suplência de Pedro Taques, então candidato a senador, o que lhe garantiu suceder Pedro Taques no Senado, o processo está parado na mesa do ministro do TSE Og Fernandes.

O TRE-MT demorou sete anos e meio para condenar o beneficiado pela fraude, José Medeiros, como consta no Acórdão 26751 (publicado dia 8 de agosto) penalizando-o com a cassação do diploma e do mandato de senador.

José Medeiros foi eleito deputado federal e emendará um mandato ao outro, sem que a pena de cassação tenha sido cumprida, se o ministro Og Fernandes não pautar com urgência o julgamento. Há ainda em questão a elegibilidade de Medeiros, já que a condenação ocorreu antes do registro de candidatura.

Medeiros fez sua campanha a deputado federal atrelando sua imagem à do senador Magno Malta e Jair Bolsonaro. Viaja como 'embaixador' de Bolsonaro durante o segundo turno da campanha presidencial, como se não tivesse sobre si esta condenação.

Leia também:

Juiz condena Dorte e pede apuração de falso testemunho de José Medeiros

1 COMENTÁRIO:

Mimimi de invejosos. Povo não quer saber de ata. Quem sabe de ata é o Taques. Enrolou a Juiza Selma com essa tal de ata tbm. Mas povo já deu um jeito no Taques.
enviado por: Marcelo em 17/10/2018 às 23:31:29
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO