Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020

Nacional
Segunda-Feira, 10 de Fevereiro de 2020, 17h:53

TRIBUTAÇÃO ARRECADARIA R$ 100 BI POR ANO

“Nunca tratei de grandes fortunas, nem vou tratar, não está na minha agenda", diz Maia

Redação

Reprodução

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia

No Brasil a classe política e o governo Federal juntamente com os governos Estaduais o grande problema fiscal é folha de pagamento dos servidores e sua previdência.

Ou seja, para esses políticos enganadores os problemas é culpa do funcionalismo e da imprensa.

Quem tem que pagar a conta é a população mais sofrida, que não tem nenhum retorno de serviços de qualidade municipal, estadual e federal.

Se o governo cobrasse e o Congresso Nacional tivessem vergonha na cara, instituiria o imposto sobre grandes fortunas que daria uma arredação de cerca de 100 bilhões de reais por ano, além da necessidade de tributar o agronegócio e etc.

Ou seja, o povo tem que se lascar e continuar sofrendo com os péssimos governantes que o país tem.

Mais pasmem, não é novidade nenhuma, o presidente da Câmara Federal, deputado federal Rodrigo Maia(DEM-RJ), declarou que essa pauta nunca esteve na sua agenda.

https://congressoemfoco.uol.com.br/legislativo/tributacao-de-grandes-fortunas-nunca-esteve-em-minha-agenda-diz-maia/

 

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO