Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020

Nacional
Sexta-Feira, 27 de Setembro de 2019, 16h:19

CÂMARA FEDERAL

“Factoide de Janot é para vender o livro”, diz Ricardo Barros

Redação

Reprodução

Deputado federal Ricardo Barros

Para o deputado federal Ricardo Barros (PP/PR), as polêmicas afirmações do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de que foi armado ao STF com a intenção de matar o ministro Gilmar Mendes e de que foi convidado pelo então senador Aécio Neves para ser candidato a vice-presidente, são “factoides para vender mais livros”.

Barros reforçou o convite para Janot detalhar os assuntos na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados. Um requerimento proposto por Barros para ouvir Janot já foi aprovado no dia 29 de maio. “Acho que agora, para promover o livro ele virá. Será um debate produtivo”, disse Ricardo Barros.

O livro de memórias de Janot, intitulado ‘Nada Menos que Tudo’, será lançado ainda este mês e foi escrito com a ajuda dos jornalistas Jailton de Carvalho e Guilherme Evelin.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO