Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Nacional
Sexta-Feira, 01 de Dezembro de 2017, 18h:08

GREVE CANCELADA

Câmara não pauta reforma da Previdência e centrais cancelam greve geral

Cícero Henrique

Reprodução

Central Única dos Trabalhadores

O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo maia não pautou a reforma da Previdência para a próxima semana, depois de concluir que o governo não tem votos suficiente para aprová-la. A esperança é conseguir incluir a proposta no dia  de dezembro.

Em virtude desta mudança, as centrais sindicais decidiram cancelar a greve geral programada para a próxima terça-feira (5) em protesto contra a reforma.

Em nota assinada por seis centrais – Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Nova Central e a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) –, as entidades ressaltam que “a pressão do movimento sindical foi fundamental para o cancelamento da votação da Reforma da Previdência”.

As entidades afirmam que apesar de suspenderem a greve, se manterão “mobilizadas e em estado de alerta de greve”. Além disso, ressaltam que intensificarão as ações por mudanças na Medida Provisória (MP) da Reforma Trabalhista, que está em análise no Congresso.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO