Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019

Nacional
Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 15h:58

CÂMARA FEDERAL

Cabide de emprego: “puxadinhos” dos deputados custam R$ 93 milhões por ano

Lúcio Vaz

Pixabay

785 cargos de natureza especial preenchidos em 390 gabinetes de deputados federais.

"Além de contratar até 25 assessores com a verba de gabinete, que já consumiu R$ 311 milhões nesta legislatura, os deputados federais ainda contam com os cargos de natureza especial (CNEs) para reforçar a assessoria em seus "puxadinhos". O blog encontrou 785 CNEs lotados em 390 gabinetes de deputados a um custo anual de mais R$ 93 milhões, incluindo auxílios. O deputado Marreca Filho (Patriota-MA) tinha nove desses cargos, fora os 23 da verba de gabinete. Dispensou três depois de ser procurado pela reportagem.

Marreca já gastou R$ 665 mil com os secretários parlamentares em seis meses – 99,2% da verba disponível. Até o início da semana, gastava mais R$ 70 mil com os CNEs. O curioso é que ele mantém apenas um assessor no gabinete. Os demais secretários estão lotados no estado, nas bases eleitorais do deputado. Com as exonerações, a despesa extra caiu para R$ 39,6 mil. Mas o custo para a Câmara caiu menos, porque dois deles foram contratados pela Liderança do Patriota, que tem hoje 12 CNEs."

https://www.gazetadopovo.com.br/vozes/lucio-vaz/emprego-puxadinhos-dos-deputados-custam-r-93-milhoes-por-ano/

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO