Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019

Nacional
Sábado, 31 de Agosto de 2019, 08h:55

LEI CONTRA ABUSO DE AUTORIDADE

‘Bom policial, bom juiz e bom promotor dormirão em paz’, diz Barros

Reprodução

Deputado federal Ricardo Barros(PP-PR)

Deputado Federal Ricardo Barros (PP-PR) defendeu o projeto de lei contra abuso de autoridade e ressaltou que ele foi votado por acordo de lideranças, “portanto, é uma vontade majoritária ampla do Congresso Nacional”, diz. Em entrevista ao Jornal da CBN, ele afirmou que a relação do Congresso Nacional com o Palácio do Planalto não é boa. Segundo ele, os parlamentares já entenderam o problema e estão dando andamento nas propostas independentemente do Executivo.

 

Ricardo Barros também disse que o Congresso poderá derrubar a decisão de Bolsonaro caso ele vete mais de um artigo do projeto de lei. O parlamentar destacou que, até o momento, há apenas um acordo com o Palácio para retirar da proposta o uso de algemas em presos quando não houver resistência à prisão ou ameaça de fuga.

O político afirmou ainda que a lei não se refere aos que não abusam. “‘O bom policial, o bom juiz e o bom promotor dormirão em paz”, garantiu. Ele ressaltou, no entanto, que “ativismo político do Ministério Público precisa ser contido”. Para o relator, “a lei é simples, clara e não tem razão para esse alvoroço todo”. 

Ricardo Barros ainda negou que o andamento do projeto no Congresso aconteceu somente após a prisão de políticos em operações ligadas ao combate à corrupção. Bolsonaro tem até o dia 5 de setembro para divulgar a decisão. Em caso de veto, o texto volta para análise do Congresso.

1 COMENTÁRIO:

Qualquer LEI feita por maioria de políticos corruptos, é suspeito.
enviado por: Arilson em 31/08/2019 às 11:32:36
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO