Sábado, 19 de Outubro de 2019

Nacional
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018, 06h:58

ALERTA NO SENADO

Alteração da lei da ficha limpa deve ser votada hoje; contrários coletam assinaturas para impedir

As assinaturas precisam ser coletadas atá às 14h, horário em que inicia a sessão

Jô Navarro

Reprodução

Ficha Limpa

Senadores fichas sujas tentam aprovar hoje o projeto de autoria de Dalírio Beber (PSDB-SC) que limita o alcance da Lei da Ficha Limpa.

Se aprovada, cerca de 200 parlamentares se beneficiarão com a redução da inelegebilidade de apenas 3 anos e não 8 como vigora atualmente.

O texto foi apresentado em outubro de 2017, pouco depois de o Supremo Tribunal Federal dizer que os condenados que cumpriram os três anos de inelegibilidade poderiam disputar as eleições. Porém, pela decisão da Suprema Corte, os sentenciados deveriam cumprir oito anos de inelegibilidade.

Leia também: Senador Wellington Fagundes assinou pedido de urgência para votar projeto que restringe o alcance da Lei da Ficha Limpa

Para impedir que o assunto seja novamente discutido, são necessárias 41 assinaturas dos 81 parlamentares. O senador José Reguffe (sem partido-DF) passou parte do dia recolhendo assinaturas dos colegas. “Há uma decisão do Supremo [Tribunal Federal], já tomada, que não deve ser alterada por esta Casa, na minha opinião. Portanto, sou contra esse projeto", afirmou Reguffe.

As assinaturas precisam ser coletadas atá às 14h, horário em que inicia a sessão.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO