Segunda-Feira, 23 de Setembro de 2019

Mato Grosso
Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 10h:26

CÂMARA DE CUIABÁ

Vereador pede apoio para criar CPI da Semob; líder da base anuncia edital do transporte coletivo assista

Jô Navarro

Jô Navarro/Caldeirão Político

O vereador Diego Guimarães (PP) está colhendo assinaturas em requerimento para criar a CPI da Semob. Na manhã desta quinta-feira, durante sessão na Câmara Municipal, o vereador lembrou que previu em fevereiro passado que a licitação do transporte coletivo não seria lançada e os contratos renovados emergencialmente.

Para o vereador Diego Guimarães, a Semob é a secretaria que pior serviço presta à população e convidou os colegas a assinaram o requerimento de CPI.

O parlamentar também comentou a determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de redução do salário do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB). O prefeito reajustou o próprio salário em quase 17% por meio de portaria, o que ilegal. Quem autoriza aumento de salário do prefeito é a Câmara Municipal.

O líder do prefeito, vereador Luis Cláudio (PP), anunciou que a Prefeitura enviou hoje (23) para publicação no Diário Oficial do Estado o edital de licitação do transporte coletivo.

Sobre o aumento do salário do prefeito, Luis Cláudio argumentou que foi baseado em legislação da gestão anterior para equiparação aos salários de ministros do STF. "Mesmo antes da notificação do TCE, já sido dada a ordem para o cancelamento do reajuste". O líder disse ainda que a documentação deste caso será apresentada pelo vereador Juca do Guaraná na próxima sessão.

Na sequência, fez uso da tribuna o vereador Abilio Brunini (PSC), relatou que foram ao Ministério Público e levanta a possibilidade de "princípio da má-fé", em contraposição ao "princípio da boa-fé" adotado pelo judiciário. 

A sessão está em andamento, acompanhe abaixo:

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO