Terça-Feira, 07 de Julho de 2020

Mato Grosso
Domingo, 10 de Maio de 2020, 07h:00

ALMT

Reação popular negativa faz governo recuar e PL 50 é retirado de pauta

Jô Navarro

Reprodução

Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Cuiabá - A mobilização de cidadãos nas redes sociais conseguiu influenciar o líder do governo de Mato Grosso na Assembleia Legislativa, Dilmar Dal Bosco, que pediu a retirada do projeto de lei 50/2020.

O governo enviou mensagem para a ALMT para aumentar o salario de diretores e coordenadores de autarquias do estado, além de 3 categorias de verbas indenizatórias para procuradores. A ideia era aprovar a proposta em sessão extraordinária no sábado (9), antes que seja sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro o projeto que congela salários por dois anos. A reação popular negativa pesou e o governo autorizou a retirada de pauta.

“Os cidadãos mato-grossenses são os verdadeiros vencedores desta guerra de hoje, conseguimos retirar esse projeto de pauta com as vozes do povo”, disse o deputado Ulysses Moraes, que denunciou a tentativa nas redes sociais.

De acordo com o deputado, esse projeto nem ao menos poderia ser votado, pois não tinha detalhes sobre o impacto orçamentário. “Isso desrespeitava várias regras, já estávamos aqui preparados para ajuizar”, afirmou Moraes.

Diante da situação de pandemia do Covid-19, o não pagamento da RGA para servidores estaduais, a queda na arrecadaçãode ICMS, o atraso nos salários de profissionais de saúde, pessoas perdendo empregos e empresas fechando, o governo foi insensível enviando projeto para aumentar salários de poucos e instituir verba indenizatória, avaliou o parlamentar.

1 COMENTÁRIO:

Esse Mauro MENTE governo FAKE NEWS é tão CARA DE PAU que usa os servidores efetivos que assumem cargos comissionados para beneficiar seus apaniguados. É muita falta de caráter, até hoje não cumpriu 1% do que falou na campanha, apenas jogou no lombo da população de Mato Grosso altos impostos para que fossem pagos os ROUBOS no estado, como se cada cidadão tivesse pagado centavos indevidamente. Está jogando no ralo rios de dinheiro, afundando mais ainda o estado de tanto empréstimo.Teu tempo está se esgotando, está superando até o (DES)governo do Pedro Taques (ECA, que nojo).
enviado por: Teka Almeida em 10/05/2020 às 11:09:55
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO