Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020

Mato Grosso
Quarta-Feira, 29 de Janeiro de 2020, 17h:15

SENADO FEDERAL

Para barrar a tese da extinção dos municípios

Cícero Henrique

Reprodução

Senadores Jayme Campos (DEM) e Wellington Fagundes (PL)

Alguns senadores, como Oriovisto Guimarães defende a tese da extinção de municípios com menos de cinco mil habitantes que não são autosustentáveis. Vêem uma despesa enorme, desnecessária para manter cidades e suas instituições que não passam da condição de vilarejos.

A extinção abalaria a base eleitoral de deputados que vivem do varejo. A grita foi imediata e forte. A Assembleia Legislativa de Mato Grosso contesta a PEC do Pacto Federativo que prevê a incorporação a municípios vizinhos das cidades com até 5 mil habitantes. 

O mesmo ocorre com Associação Mato-grossense dos Municípios, que é totalmente contra a PEC que extingue municípios, tendo como aliados os senadores Jayme Campos (DEM) e Wellington Fagundes (PL).

Caso venha ser eleito como senador, Neurilan Fraga deverá fazer uma oposição acirrada contra o Pacto Federativo.

O pré-candidato ao Senado pelo DEM, Júlio Campos, também deve ser contra a extinção dos municípios, acompanhando assim os demais.

A verdade é que muitos desses municípios servem de "curral eleitoral" para os políticos de Mato Grosso.

Os pré-candidatos Carlos Fávaro (PSD) e Otaviano Pivetta (PDT) seguem a mesma cartilha, ou seja, nenhum dos pré-candidatos ao Senado Federal até agora se pocisionou favorável a extinção dos municípios.

 

 

1 COMENTÁRIO:

Podem até existir candidatos que pensem favoravelmente na extinção de municípios mas permanecerão bem quietos pois não traz voto!!!
enviado por: Paulo sa em 02/02/2020 às 08:18:53
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO