Sexta-Feira, 22 de Março de 2019

Mato Grosso
Domingo, 18 de Novembro de 2018, 08h:03

RECADO DAS URNAS

O futuro incerto dos deputados sem mandato a partir de 2019

Redação

Reprodução

Com motivos variados, alguns políticos deixam a política, enquanto outros podem voltar a disputar cargos

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso e a parte Mato-grossense da Câmara de Depu­tados contará com novos nomes no próximo mandato, que se inicia em janeiro de 2019. Assim, políticos que estávamos acostumados a associar a alguma das Casas não estarão em exercício legislativo até, pelo menos, a próxima eleição. Alguns já têm planos definidos. Outros, não. Há ainda aqueles que preferem não comentar o futuro, que é cercado de especulações.

As razões para a ausência de mandato são variadas tanto entre os deputados federais quanto entre os estaduais. Há aqueles que disputaram a reeleição, mas não a tiveram garantida por motivos diversos. Também existe uma boa parte que não disputou o pleito por motivos igualmente variados — entre uma simples escolha sabática à tentativa de transição para um cargo diferente.

Federais

A mesma situação se repetiu na Câmara Federal, onde o eleitor mandou todos os 7 para casa, a excessão do deputado federal Carlos Bezerra que conseguiu a reeleição.

Agora tanto os deputados estaduais e federais que foram derrotados nas eleições de 2018, agora torcem para pegar uma boquina no governo de Mauro Mendes, nem que seja cargo de segundo ou terceiro escalões.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO