Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019

Mato Grosso
Segunda-Feira, 15 de Julho de 2019, 12h:34

ALMT

Max Russi destaca potencial turístico de São Félix do Araguaia

Redação

Assessoria/Dep. Max Russi

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), esteve em São Félix do Araguaia, a 1200 km da capital, na última sexta-feira (12). Recebido pela prefeita Janailza Taveira e autoridades locais, o parlamentar destacou o potencial turístico-econômico da região e reforçou a parceira na busca e articulação de políticas públicas, voltadas para todos os setores do município.

Na ocasião, Max Russi, que também é um dos apoiadores, prestigiou a 31ª Temporada de Praia de São Félix do Araguaia. Esse evento tradicional, que atrai turistas de Mato Grosso e estados vizinhos, como Tocantins e Goiás, acontece às margens do Rio Araguaia e apresenta atrações artísticas gratuitas ao público na Praia do Morro.

“Vemos a movimentação da cidade e daqui da região. Um acontecimento cultural e importante, que gera emprego, renda e movimenta a matriz econômica de São Félix. Além disso, divulga ainda mais o turismo desse lugar paradisíaco”, destacou.

Já na manhã de sábado, Russi conversou com moradores, empresários, comerciantes e visitou os principais pontos turísticos, assim como ilhas, praias e pousadas. “Temos uma grande riqueza em nosso estado, ainda mais com esse cenário do Rio Araguaia, que é encantador”, avaliou.

Para a prefeita Janailza, um encontro importante, não só para acompanhar o desenvolvimento da cidade, mas para também traçar estratégias de ações conjuntas.

“Essa foi uma visita muito importante para todos nós. O deputado Max sempre tem nos atendido e esse trabalho conjunto é fundamental para o fortalecimento de nosso município”, analisa.

Também participaram da comitiva o vereador Gesner Biondo (PPS), o secretário de Administração Wemes Leite, subprefeito do distrito de Espigão do Leste Américo Alves, o prefeito de Porto Alegre do Norte, Daniel Itaquerê, o empresário Domingos Sávio, dentre outras autoridades.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO