Quinta-Feira, 21 de Março de 2019

Mato Grosso
Quinta-Feira, 21 de Fevereiro de 2019, 11h:37

ALMT

Dilmar Dal'Bosco e Sebastião Rezende desistiram de candidatura e votaram em Maluf

Jô Navarro

Reprodução/ALMT

Deputados Senastião Rezende e Nininho

Apesar de a votação ter sido secreta, o site Folha Max publicou hoje como votaram os deputados na reunião do colégio de líderes que escolheu Guilherme Maluf para a vaga de conselheiro de contas no TCE-MT. Veja:

Votaram em Maluf, além dele próprio, os deputados:
Paulo Araújo (PP),
Ondanir Bortolini "Nininho" (PSD),
Romoaldo Júnior (MDB),
Eduardo Botelho (DEM),
Sílvio Favero (PSL),
Xuxu Dalmolin (PSC),
Faissal Khalil (PV),
Wilson Santos (PSDB),
Dilmar Dal Bosco (DEM) e
Sebastião Resende (PSC).

Já em Max Russi, votaram, além dele próprio:
Janaina Riva,
Doutor Joao (MDB),
Thiago Silva (MDB),
Lúdio Cabral (PT),
Valmir Moretto (PRB),
João Batista (PROS),
Elizeu Nascimento (DC),
Doutor Eugênio (PSB) e
Valdir Barranco (PT).

No juiz Eduardo Calmon, votaram Ulysses Moraes (DC) e o Delegado Claudinei (PSL).

O deputado Dr. Gimenez votou em branco.

Chama a atenção que dois postulantes que desistiram da disputa, Dilmar Dal'Bosco e Sebastião Rezende (PSC), votaram em Maluf, réu em processo criminal.

Na semana passada, o voto de Minerva do presidente do TJMT, desembargador Carlos Alberto, livrou o agora indicado a conselheiro de contas de ser afastado da Assembleia por risco de influenciar e ameaçar testemunhas no processo criminal em que figura como réu, denunciado pelo NACO/MPE por peculato, corrupção passiva, tráfico de influência, corrupção ativa e organização criminosa.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO