Segunda-Feira, 20 de Agosto de 2018

Mato Grosso
Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 09h:11

INDEPENDÊNCIA DOS PODERES?

Deputado Botelho admite que fez acordo com Pedro Taques para ser eleito presidente da AL

Deputado confessa que fez acerto com Pedro Taques para ser eleito presidente da ALMT e deixa claro que prometeu apoiar o governo em troca deste apoio.

Jô Navarro

ALMT

O deputado Eduardo Botelho admite que pediu ajuda de Pedro Taques para ser eleito presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

À época das articulações da eleição da mesa diretora Pedro Taques negou qualquer movimento em favor de Botelho alegando a independência dos Poderes. A declaração de Botelho não é novidade para ninguém, mas ambos negavam formalmente esta 'ajuda', que na verdade se traduz em pressão para que os parlamentares elegessem Botelho presidente.

"Foi um acerto republicano que se faz em política", afirmou Botelho em entrevista esta manhã à rádio Vila Real.

"Ele me ajuda e eu ajudo ele", afirmou o presidente da ALMT.

Questionado o que fará no caso do DEM (seu novo partido) tomar outro caminho, sem Pedro Taques, o presidente hesitou e disse que vai "trabalhar no partido para que permaneçam juntos".

Botelho tem sido questionado pelos parlamentares em relação à postura frouxa da mesa diretora em relação aos atrasos no repasse de duodécimo. A Assembleia é vista como apêndice do governo, apoiando irrestritamente todas as matérias do executivo. 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO