Domingo, 20 de Outubro de 2019

Mato Grosso
Terça-Feira, 24 de Setembro de 2019, 15h:38

SEM PROVAS

Câmara arquiva pedidos de cassação contra o vereador Abilio Junior

Jô Navarro

Reprodução/Facebook

A Câmara Municipal de Cuiabá arquivou nesta terça-feira (24) dois pedidos de cassação de mandato contra o vereador Abilio Junior. Os processos tiveram parecer da Comissão de Ética, presidida pelo vereador Toninho de Souza, favoráveis ao arquivamento por falta de materialidade. 

O primeiro pedido de cassação foi instaurado na Comissão de Ética pelo coronel Sales, numa reação ao protesto do vereador no dia da inauguração da obra inacabada do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá. Abilio Junior denunciou a ilegalidade da inauguração de uma obra inacabada. Naquela ocasião o vereador registrou boletim de ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia da Capital. Denunciou ter sido agredido física e moralmente quando protestava. 

Leia também: Vídeos provam que vereador Abilio Junior foi de fato agredido durante inauguração em Cuiabá

O segundo processo arquivado acusava o vereador Abilio Junior de tentar invadir a casa do prefeito em maio deste ano. O vereador Abilio estava do outro lado da rua gravando um vídeo em que denunciava a execução de uma obra sem alvará do município. Um funcionário contratado pela prefeitura, que presta serviço para a primeira dama Márcia Pinheiro, abordou o vereador, tomou seu celular e fugiu do local. Abilio registrou boletim de ocorrências. Até hoje o prefeito Emanuel Pinheiro não apresentou o alvará da obra.

RELEMBRE ESTE CASO

 HOJE NA CÂMARA

Felipe Wellaton critica novo financiamento e diz que Emanuel duplicou a dívida pública

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO