Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019

Mato Grosso
Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019, 12h:34

PLC 53/2019

AL aprova em 1ª votação projeto original que revisa a concessão de incentivos fiscais em MT

Da Redação

Jô Navarro

Os deputados aprovaram há pouco, em primeira votação, por 15 votos favoráveis e 7 contrários, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 53/2019 que trata da revisão dos incentivos fiscais. Houve muita discussão no plenário, pois foi apresentado o projeto original do governo para apreciação, e não o substitutivo integral.

Segundo o deputado Max Russi, o substitutivo "está sendo construído' e será apresentado e apreciado na segunda votação. "Este projeto será definido na segunda votação, dia 30 é a data limite... Temos que fazer esta votação com responsabilidade", defendeu Russi.

Para o deputado Wilson Santos (PSDB), o governo Mauro Mendes fracassou e aumentou o número de servidores comissionados. Ele

Não existe calamidade financeira em Mato Grosso. É uma falácia, é conversa para boi dormir

também criticou a prorrogação do decreto de calamidade financeira publicado ontem (17) pelo governo de Mato Grosso. Segundo o tucano, a Secretaria do tesouro Nacional, a Advocacia Geral da União, a PGR Raquel Dodge e a ministra do STF Rosa Weber em decisão liminar, não reconheceram o calamidade financeira. "Não existe calamidade financeira em Mato Grosso. É uma falácia, é conversa para boi dormir", disse o deputado.

Todo o debate foi acompanhado por professores que estão em greve há 53 dias. Mais cedo eles tentaram invadir o plenário para impedir as votações até que o governo atenda às reivindicações da categoria. Houve confusão entre grevistas e manifestantes e acusações de violência.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO