Terça-Feira, 31 de Março de 2020

Mato Grosso
Sexta-Feira, 06 de Março de 2020, 11h:14

ELEIÇÕES 2020

2020 deve ser a eleição mais difícil para reeleger vereadores

Cícero Henrique

Jô Navarro/Caldeirão Político

As novas regras eleitorais e o substancial fundo partidário para o pleito municipal de outubro projeta uma eleição dificílima para os vereadores, os tradicionais escadinhas (os candidatos que trabalhavam para eleger os nomes fortes dos partidos) ficaram espertos e não estão dispostos a darem as vagas de mãos beijadas para os com mandatos.

Boa parte dos candidatos que contribuíram para eleger os vereadores da Câmara Municipal de Cuiabá na eleição passada trocou a camisa partidária e buscou alternativas em siglas onde a disputa fosse equilibrada para o aspirante a político.

Partidos da base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), hoje todos os escadinhas sabem, é uma arapuca para os novatos, graças as facilidades obtidas pelo chamado “toma lá, dá cá”, e com visibilidade tem projeção de votos maiores, dificultando a entrada dos “estranhos”.

Na nova realidade eleitoral, os escadinhas debandaram em massa de partidos como o Cidadania, PV, PSDB, PP, PL, DEM, PMN, DC, PSB, PDT, PSC, Podemos, Pros e PTB e por incrível que pareça migraram até para o PCdoB, partido de esquerda e sem fundo eleitoral expressivo, Avante, MDB, PTC, PSD, SD, PSL, Novo, Patriota, PT e Republicanos.

Não será surpresa se os chamados nanicos se transformarem em partidos fortes a partir de 2021 em Cuiabá e os grandes, nanicos.

A possibilidade de eleger candidatos com novas mentalidades e práticas em outubro hoje é uma realidade, as votações de todos os marajás da política local devem cair e provocar uma renovação inesperada.

 

 

1 COMENTÁRIO:

Se o eleitor tiver um pouco de dignidade e vergonha na cara não irá eleger nenhum vereador da base do prefeito. Uma vergonha o que assistimos nesses 3 anos e 3 meses sem nenhum serviço para a população. Mas na minha opinião o mais grave foi o intenso trabalho para evitar a CPI do Paletó.
enviado por: Teka Almeida em 07/03/2020 às 06:59:55
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO