Terça-Feira, 17 de Outubro de 2017

Legislativo

Segunda-Feira, 07 de Agosto de 2017, 17h:40

JBS

Lobista da JBS detalha repasses para Eunício Oliveira

Redação

Reprodução

Presidente do Senado, Eunício Oliveira

O lobista Ricardo Saud está dando mais detalhes ao Ministério Público Federal sobre repasses da JBS a Eunício Oliveira em 2014, quando ele se candidatou – e perdeu – à eleição para o governo do Ceará. Saud conta que Gilberto Júnior, um funcionário da tesouraria do PMDB ligado a Eunício, se ocupou de fazer parte do dinheiro da propina chegar à campanha.

Júnior é funcionário antigo do PMDB. Todas as prestações de conta do partido nas eleições passam por ele. Sabe tudo sobre os caciques da legenda. Seu prestígio com Eunício é tamanho que o presidente do Senado até empregou a mulher dele em seu gabinete. Ela tem um salário de pouco mais de R$ 5 mil.

Outro lado

Eunício Oliveira diz que a JBS fez contribuições dentro da lei. Afirma que essas contribuições estão relacionadas na prestação de contas efetuadas ao Tribunal Superior Eleitoral e que Júnior era o responsável pelas prestações. “O delator Saud tenta criar um roteiro fantasioso no desespero de ver aprovada a delação que vai lhe conferir benefícios judiciais e redução de pena”.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO