Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017

Judiciário
Segunda-Feira, 24 de Julho de 2017, 13h:35

PGR

Quando Dallagnol irá divulgar o relatório de suas palestras, a exemplo de Lula?

Esmal Morais

O ex-presidente Lula, espontaneamente, divulgou neste domingo (23) o relatório das palestras que fez entre os anos 2011 e 2015. A pergunta que não quer calar é: quando o procurador Deltan Dallagnol irá publicizar para quem e quanto renderam suas palestras?

Note o caríssimo leitor que um é “ex” agente político transitórioque realizou suas palestras depois de exercer a Presidência da República, entre 2011 e 2015, portanto fora do período que ocupava transitoriamente o cargo (2003-2010).

Por outro lado, Dallagnol, também agente político, porém em atividade em cargo típico de Estado (Ministério Público), no exercício da função, ministra palestras remuneradas a empresas e entidades privadas.

Em recente artigo especial, a senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, e a consultora jurídica da bancada do partido no Senado, Tânia Oliveira, afirmaram que Dallagnol vende ilegalmente palestras ao contrariar o artigo 1º, da Resolução nº 73/2011 do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) que “não reconhece palestras como atividade docente, como determina expressamente que o magistério somente pode ser considerado como tal se prestado em sala de aula”.

Elas destacaram que o chefe da lava jato arrecadou R$ 219 mil apenas no ano de 2016, com 12 palestras feitas para falar da corrupção e da operação. “Os valores percebidos neste ano de 2017 não foram informados”, ressalvaram.

Premonitoriamente, no começo deste mês, o advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente, cravou essa no Twitter: “Lula seria questionado se no exercício de função pública fizesse palestra paga para antecipar informações que obteve no exercício do cargo?”.

Na semana passada, o juiz Sérgio Moro confiscou poupança previdenciária de Lula — formada por recursos oriundos de palestras — como se lançasse uma casca de banana para o ex-presidente. Porém, diferentemente de Deltan, o petista palestrou somente quando saiu da Presidência.

Diante de tudo isso, os meios políticos e jurídicos questionam: quando Dallagnol irá publicar seu relatório de palestras, a exemplo de Lula?

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO