Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017

Internacional

Terça-Feira, 07 de Novembro de 2017, 17h:43

ASSÉDIO SEXUAL

Político britânico que perdeu cargo por escândalo sexual é achado morto

P. G do El País

Arquivo

Carl Sargeant, em uma imagem de arquivo

Um ex-integrante do Governo autônomo de Gales, o trabalhista Carl Sargeant, de 49 anos, foi achado morto em sua casa em Gales. Na sexta, ele havia sido suspenso do seu partido e submetido a uma investigação interna sobre acusações a respeito de seu comportamento pessoal, parte do escândalo de assédio sexual que abala a política no Reino Unido. A polícia não trata sua morte como suspeita. Segundo a BBC e outros meios de comunicação britânicos, ele teria tirado a própria vida.

Sargeant, casado e pai de dois filhos, foi despedido na sexta do cargo que ocupava à frente do departamento de Comunidades e Infância no Governo autônomo de Gales. Também estava suspenso do Partido Trabalhista. Ele era investigado, segundo confirmaram autoridades galesas, após relato de "diversos incidentes" com mulheres. Sargeant não admitiu as acusações e prometeu limpar seu nome.

"Estou profundamente impactado pela terrível notícia sobre Carl Sargeant. Meus pensamentos e empatia estão com sua família e seus amigos", tuitou nesta terça-feira o líder trabalhista, Jeremy Corbyn. A agenda da Assembleia de Gales foi suspensa durante esta terça-feira em sinal de luto.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO